sábado, 28 de junho de 2014

Lista de Releituras # 08

Título: O Longo Adeus
Autor: Raymond Chandler

Sinopse: "O Longo Adeus é um clássico sobre a solidão e a amizade. Philip Marlowe e o enigmático Terry Lennox são os personagens centrais deste romance profundo e brilhante, ambientado na Los Angeles do pós-Segunda Guerra Mundial e originalmente publicado em 1954." (Sinopse Editora L&PM)

Ocasião da primeira leitura: 2007

Por que está na lista de releituras? Porque foi meu primeiro contato com um personagem que hoje é um dos meus favoritos da literatura e que, agora que o conheço melhor, tenho que certeza que irei ver suas ações com outros olhos.

Comentários: “O Longo Adeus” é considerado a obra-prima de Raymond Chandler. Certa vez, vi um escritor se referir a ele como um livro que transcende o seu gênero e se revela mais do que um grande livro policial e, simplesmente, um grande livro. Como todos os romances de seu autor, é protagonizado pelo ótimo Philip Marlowe.

Já comentei no blog o quanto as tramas de Chandler podem ser complexas. Por isso, não seria de se admirar que um fã do autor tivesse todos os seus livros em uma lista de releituras. Porém, o que me faz ter uma vontade mais urgente de reler “O Longo Adeus” é o fato de que esse foi meu primeiro contato com a obra de Chandler e, consequentemente, o momento em que conheci Marlowe.

Porém, sou da crença que alguns personagens de livros (e o mesmo se aplica a series de TV) passam a fazer parte da vida de quem entra em contato com eles e sua personalidade passa a ser conhecida como a de um amigo. No primeiro livro você os conhece e entende; no segundo, entende um pouco mais; mas a partir do terceiro, você já começa a se deparar com situações, reações e comentários que fazem com que diga: “Ah..isso é típico de você, fulano”. Hercule Poirot e Hannibal Lecter são personagens que já arrancaram de mim esse tipo de comentário em voz alta no meio da leitura e Philip Marlowe não é diferente.

Por essa razão, acredito que uma releitura de “O Longo Adeus” não será apenas uma nova leitura de um livro já lido. Será uma leitura de um novo livro porque hoje Marlowe e eu temos um relacionamento literário de várias investigações intrincadas anteriores. Além disso – confesso - não lembro com clareza desta investigação em particular (se bem que se estamos falando de confissão, verdade seja dita, eu não lembro com clareza de nenhuma delas tempo depois de terem terminado).

“O Longo Adeus”, que é uma história policial sobre solidão e amizade, tem todos os ingredientes para permitir que esse personagem, que sempre brilha, alcance níveis fluorescentes de brilhantismo. E isso é algo que eu mal posso esperar para rever.


10 comentários:

Rafa Hübner disse...

Oi, td bom?

Não conhecia o livro ou o autor, mas conheço essa sensação de realmente conhecer um personagem. É muito legal :D

Beijos
Arrastando as Alpargatas

Gabriela Cerutti Zimmermann disse...

Não lembro de já ter ouvido sobre esse livro, mas fiquei curiosa. E conheço bem essa história de tratar um personagem como amigo íntimo. [rs]

Abraço!
http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

Nardonio disse...

É muito bom revisitar livros que lemos há muito tempo atrás. Principalmente quando se tem uma enorme bagagem com aquela personagem em especial. Serve também para observar o amadurecimento da personagem. Será que a personalidade do Marlowe mudou do primeiro até o último livro escrito?!?!

Seguidor: DomDom Almeida
@_Dom_Dom

pamela mendes disse...

Eu gosto bastante de policiais, e esse é um dos meus livros preferidos do gênero. Eu já li ele faz tempo e também tenho vontade de reler esse livro, justamente porque agora já conheço o personagem, então seria diferente de quando eu li a primeira vez.
Agora fiquei com mais vontade ainda de reler, e acho que vou fazer isso nas férias =)
Bjss

Matheus Salera disse...

Não conhecia esse livro e nem o autor. Me chamou bastante a atenção, gosto muito de livros desse gênero. Vou procurar para ler! =D

Até!
de-livro-em-livro.blogspot.com

rafaela disse...

Confesso que não conhecia o livro, já até ouvi falar do autor, mas nunca tinha tinha procurado nada dele...
Também acho que em alguns livros, a gente vai conhecendo os personagens melhor a cada livro, então é diferente reler o primeiro livro é diferente por conhecer melhor todos os personagens...
Fiquei com vontade de ler esse livro :)
Beijos!

gisele oliveira disse...

Nunca tinha ouvido falar desse livro em lugar algum, por isso não o conhecia, mas o autor é ótimo e isso colabora bastante, amo livros desses gênero.

Guilherme Lorenzoni disse...

É incrível "revisar" esses livros de um tempo atras, principalmente quando se tem um personagem marcante como esse! Até deu vontade de reler kkk

Abraços!

Bruna Monteiro disse...

É sempre muito bom reler os nossos livros favoritos não é mesmo? Ainda não tive a oportunidade de ler nada desse autor mas pretendo mudar isso em breve. Concordo contigo quando você diz que alguns personagens de livros e séries passam a fazer parte da nossa vida, isso meio que acontece comigo sempre, acho até que é meio inevitável.

Abraço!

Allison Norberto Alves disse...

Parece que agora tenho um clássico pra adicionar à minha lista de livros a serem lidos em 2014. Gostei muito da resenha, me interessou bastante. Tudo certo :)
http://epigrafiaalternativa.blogspot.com/

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger