sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Os 6 anos do Além da Contracapa em Livros


E se a história do Além da Contracapa fosse contada através dos livros e autores que nos inspiram?

2011 - Ano Agatha Christie

O ano em que tudo começou. Em que viemos com a nossa bagagem literária - que contava com os clássicos "O Caso dos Dez Negrinhos" e "O Assassinato de Roger Ackroyd" -  e demos a cara a tapa. Será que vai dar certo? Será que alguém vai ler o que escrevemos? Será que teremos fôlego para continuar? Foi o ano de perguntas tão complexas que apenas Hercule Poirot e suas células cinzentas poderiam responder. Foi o ano do mistério e de um suspense digno de ser escrito pelas hábeis mãos da Dama do Crime. Foi o ano Agatha Christie. 

2012 - Ano John Green

Ainda não tínhamos a experiência de alguns veteranos, mas estávamos começando a entender como as coisas funcionavam e encontrando a nossa identidade. E o mais importante: já havíamos pegado o gosto pela coisa. Agora o desafio já não era “será que nós temos fôlego?” e sim “será que as editoras vão gostar do nosso trabalho a ponto de apostar nele?”. Foi o ano em que descobrimos um gênero que até então não líamos e que refletia perfeitamente como nos sentíamos diante do trabalho com o blog: éramos young adults, ainda descobrindo que rumo tomar. Aquele foi o ano John Green. 

2013 - Ano Gillian Flynn 

O chão já começava a ficar mais firme e começamos a ver o blog de forma mais profissional. Estávamos mais seguros do que fazíamos, mas o planejamento também passou a ser fundamental. A essas alturas já havíamos conquistado várias das parcerias com as quais sonhávamos e com elas vieram as responsabilidades. A pilha de livros aumentava e a autora do brutal "Garota Exemplar" nos mostrou que, se quiséssemos evitar armadilhas, era necessário saber o que estávamos fazendo. Não se pode dizer que aquele ano foi um soco no estômago, mas aprendemos que a realidade de um blog literário não era tão meiga e gentil como aparentava ser. Aprendemos muito no ano Gillian Flynn.

2014 - Ano Joël Dicker 

Já tínhamos uma identidade consolidada, publicando resenhas e colunas com o nosso DNA. Mas havia chegado a hora de colocar mais tempero no caldeirão e trazer novos sabores para o Além da Contracapa. Foi a partir de 2014 que nos dedicamos a produzir vídeos com maior frequência e aos poucos fomos ganhando confiança e naturalidade diante das câmeras. Mas o maior desafio foi traduzir de ouvido um documentário inédito cujo tema era um dos nossos autores favoritos: Stephen King. Assim como em "A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert" — que se tornou um de nossos livros favoritos da vida —, seguimos o exemplo do autor e desenvolvemos novas facetas para o blog para que a nossa história tivesse múltiplas camadas. Nada mais justo que ficasse conhecido como o nosso ano Joël Dicker. 

2015 - Ano Stephen King

Com quatro anos de vida, começamos a nos envolver em relacionamentos mais intensos. Foi o ano de consolidar paixões e até de fazer as pazes com autores que, anteriormente, não haviam nos conquistado totalmente. Foi o ano em que começamos a explorar com mais vigor terrenos que até então apenas visitávamos de passagem e nos descobrimos pertencendo a lugares até então pouco explorados. Foram noites em claro devorando terror, ficção-científica, drama e fantasia. Foi o ano em que nos redimimos com Dennis Lehanne, saudamos a literatura brasileira através de Jorge Amado e Marcelo Rubens Paiva, e lemos Stephen King como nunca. Foi também com o mestre que aprendemos que para se ter uma carreira longa, é preciso amar o que se faz. Depois de anos escrevendo livros de sucesso, King já não escreve mais por necessidade. Ou melhor: escreve, sim, por necessidade. Pela necessidade de tirar as ideias que se acumulam na mente e vê-las no papel, assustando e emocionando seus leitores fiéis. Foi naquele ano que percebemos que o blog também se tornou uma necessidade para nós, um escape para tudo aquilo que queríamos debater no mundo da literatura. Nossa essência não mudou, assim como a do mestre também não. Mas fomos nos aprimorando, sempre movidos pela vontade de fazer mais e melhor. Foi o ano em que nos inspiramos na vida de Stephen King. 

2016 - Ano Lionel Shriver

Quando alcançamos os 5 anos de idade, foi inevitável olhar para trás. São tantos os blogueiros que desistem que a blogosfera, às vezes, parece um cemitério. Mas as desistências nunca nos desanimaram e a ideia de abandonar o Além da Contracapa já tinha se tornado imaginável. Enfim alcançávamos o significativo marco dos 5 anos no mundo digital. Um mundo tão precoce e acelerado que tal idade, pelo menos para nós, já representava a maioridade. Foi nessa ocasião que percebemos que apesar de não termos um Kevin, precisávamos falar sobre o que o Além da Contracapa significava para nós. E foi o que fizemos em uma carta escrita para os nossos leitores. "O que aprendemos em 5 anos de Além da Contracapa" foi o título que demos ao post que nos fez perceber o quanto já havíamos aprendido e o quanto ainda queríamos aprender e inventar. O quanto queríamos abraçar tudo o que o blog pudesse nos proporcionar. Aquele post podia ter sido piegas, como a carta de uma mãe disposta a defender um ato abominável cometido por seu filho, mas, assim como o livro de Lionel Shriver, tomou um rumo inesperado por nós. Foi escrito sem muito planejamento e, provavelmente por isso, acabou se tornando o reflexo sincero dos nossos sentimentos naquele momento. Foi nosso ano Lionel Shriver. 

2017 - Ano Victor Hugo

Com mais de mil posts publicados e ultrapassando a marca dos 750.000 visualizações, começamos a a sentir um certo peso da idade. Ainda não podemos ser considerados um calhamaço de 1500 páginas, tampouco podemos ser comparados a "literatura universal", mas esta é a nossa utópica meta. Inspirados pela a obra-prima de Victor Hugo, levantamos nossa voz para fazer críticas sociais e abordar assuntos "espinhosos" com a maturidade que desenvolvemos ao longo desses seis anos. Assim, debatemos sobre o papel da mulher na literatura, questionamos sobre o preconceito que é usado como forma de combater o preconceito e discutimos sobre a representatividade LGBT no mundo dos livros. Muita coisa ainda está por vir em 2017. Muitas páginas para se somarem ao nosso calhamaço em construção que, no que depender de nós, sobreviverá por muitas e muitas gerações. É por isso que 2017 está sendo o ano Victor Hugo. 



29 comentários:

Elza Interaminense disse...

Vi a divulgação do seu blog na Rudynalva, vim conhecer amei e já estou seguindo. Parabéns pelos seis anos do blog. Meu blog é educativo, na verdade é da biblioteca em que trabalho, criamos a pouco tempo. Lhe convido a conhecer se gostar seguir. Abraços

Tamires Marins disse...

Oi, meninos

Parabéns pelos 6 anos de blog! Achei muito legal essa linha do tempo! Hahahah
Sabe que eu li apenas um livro da Agatha e não curti. Li Assassinato no Expresso do Oriente e foi uma leitura bem pedante... dizem que comecei pelo livro errado, que era pra eu ler um sem o Poirot primeiro (meu grande problema foi ele), então quem sabe um dia eu faça isso...

Beijos
- Tami
http://www.meuepilogo.com

Aline M. Oliveira disse...

Parabéns! A cada ano crescendo e trazendo muito conteúdo bom, não é verdade? Acho maravilhoso demais, pessoas que tiram tempo, pra escrever, e criar pautas, de graça, influenciando leituras e mais pessoas. Tanto trabalho e responsabilidade! Parabéns, muito sucesso e que venham muitos anos! ♥
Bjoxx ♥

Jessica Bueno disse...

Que legal... cada ano em um estilo bem diferente de leitura. Parabéns por todo esse processo de crescimento e aprendizado! Realmente muitos blogueiros desistem de seus blogs e vira um cemitério, e blogs que eram realmente muito bons e informativos... uma pena

Alessandra Salvia disse...

Oi Ale e Mari,
Eu acho o 'Além da Contracapa' um dos blogs mais inteligentes que eu frequento.
Vocês são muuuuito bons mesmo!!!!
Beijos
https://estante-da-ale.blogspot.com.br

Caverna Literária disse...

Que post maravilhosoooo! Adoro os posts de vocês, sempre inovadores! Foi uma ótima ideia relacionar os anos de blog com os autores. 6 anos é muita coisa, e só nós blogueiros sabemos o quanto passamos dentro desse tempo, se dividindo entre manter blog e leituras ativas e o outro lado da vida fora do computador e dos livros, manter as parcerias, manter a frequência de postagens e de comentários, manter a criatividade dos posts (no que vocês sempre foram excelentes), isso tudo dá um trabalhão danado. A maioria dos blogs lá do começo realmente desistiram, e fico super feliz por não ter sido o caso de vocês, já que veem crescendo na blogsfera cada vez mais. Desejo parabéns pro Além da Contracapa, novas parcerias, novas leituras, resenha, e muito sucesso pra vocês Mari e Alê!

xx Carol
http://caverna-literaria.blogspot.com.br
Leia a resenha do meu livro O Poder da Vingança lá no blog e aproveite para adquirir o seu exemplar!

Vanessa Vieira disse...

Amei o post e toda a simbologia imposta por meio dos livros e seus respectivos autores. Desejo muito sucesso a vocês e os congratulo pelos textos inteligentes e bem articulados. Parabéns para o Além da Contracapa! Abraços!

www.newsnessa.com

Gabriela CZ disse...

Que genial! Mari e Alê, adorei a simbologia do post. Muito bem pensado, e mostra perfeitamente porquê chegaram até aqui. Parabéns! E continuem assim, existem muitos autores para representarem os próximos anos do Além da Contracapa.

Beijos!

O Que Tem Na Nossa Estante disse...

Oi Mari e Alê! Achei genial a associação com o nome dos autores, incrível! E só posso desejar que vc continuem arrasando e com muito sucesso! <3 Parabéns pelo aniversário!

Bjs, Mi

O que tem na nossa estante

Ariane Reis. disse...

Oie Alê e Mari =)

Ahh!!! Parabéns pelo seis anos de blog <3
Mesmo estando um pouco afastada, o blog de vocês é uma dos meus favoritos e adoro acompanhar esse cantinho aqui!

Amei o post! Nunca parei para pensar nas fases do blog, dessa forma. Achei genial!

Beijos;***
Ane Reis | Blog My Dear Library.

Giulianna Santicioli disse...

Adorei as comparações, acompanho o Além da Contracapa não faz muito tempo, aproximadamente seis meses, adoro as postagens e gosto bastante da identidade que vocês dão os blog e claro, por não desistirem dele, como vocês disseram, a blogosfera às vezes parece mais um cemitério, mas um blog que sempre posso contar é esse aqui.
Beijos!

Marlene Conceição disse...

Oi.
Que lindo post.
Em primeiro lugar, parabéns pelos 6 anos, espero muito que essa data se repita por muitas e muitas vezes.
Eu curtir bastante as fases do blogs, John Green é um meu preferido dos citados.
Bjs.

Priscilla Frasnelli Rocha disse...

Oi, gente!
Amei o post e deu pra sentir o quanto vocês evoluíram. <3
Adoro o Além da Contracapa e desejo muitos anos pela frente! Parabéns pela persistência e pela dedicação ao blog. :D
Beijos,

Priih
Infinitas Vidas

Luiza Helena Vieira disse...

Oi, Alê e Mari!
Nossa, achei bem interessante resumir os 6 anos do blog em autores. Bem criativo.
Desejo muito mais sucesso para vocês.
Beijos
Balaio de Babados
Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

Fabio Pedreira disse...

2011 e 2015 melhores anos kkkk. Parabéns por todos esses anos de sucesso.

Não percam o TOP COMENTARISTA do mês, 1 ganhador e 2 livros.

Revelando Sentimentos

Amanda Barreiro disse...

E que ano, hein? Adorei as comparações com os autores e suas características. Torço para que só continuem a crescer e que venham muitos anos mais. Beijos.

RUDYNALVA disse...

Alê e Mari!
Tão bom ver o blog crescendo e amaduracendo no decorrer dos anos.
Amei a correlação com os autores e suas obras.
Conforme fui lendo, fui me identificando, porque meu blog também completou seis anos e toda cronologia feita através dos sentimentos que tiveram (e tem), é o que passei também.
Por isso amo tanto estar por aqui, vocês são demais!
Parabéns pelos 6 anos e que mais e mais venham com muitas outras obras.
Desejo uma semana maravilhoso!!
“O primeiro passo para a cura é saber qual é a doença.” (Provérbio Latino)
Cheirinhos
Rudy
TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

Diego França disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Diego França disse...

Muito bom!
Dá pra ver a evolução do blog e até de vocês como leitores. Não desmerecendo o Young Adult (porque amo), mas percebi a abertura que deram para outros "mundos".

PS: quero muito ler o da A. Christie.

Bjão.
Diego, Blog Vida & Letras
www.blogvidaeletras.blogspot.com

Mi Tavares disse...

Olá!
Parabéns pelo blog!!
Achei super divertida a comparação dos anos que vocês criaram.
Beijos
5 O'clock Tea

Paula disse...

Parabéns!! Achei super criativo a maneira como descreveram do nascimento do blog até agora! É bonito de ser ver o quanto se importam e quanto amadureceram durante esses 6 anos! Desejo sucesso!
Um beijo
Paulinha S

Naiara Fidelis Da Silva disse...

Amei o post, achei bem criativo!
Fico muito feliz que vocês alcançaram esta marca e estou torcendo para vim muitos anos pela frente..

Gabriela Souza disse...

Oi! Que legal essas comparações! Começar um blog realmente faz surgir várias dúvidas, e adorei que vocês ligaram isso com a Agatha Christie hahaha Beijos

Nicole Longhi disse...

Amei a ideia do post haha
Ficou ótima essa linha relacionada ao autores, que vamos concordar que são os melhores !
Que venham mais anos para poder criar novas relações.

beijos

Marta Izabel disse...

Oi, Mari e Alê!
Gostei muito da postagem, achei bem interessante inserir autores aos anos do blog, alguns já conhecia e outros ainda não mas sem dúvida cada autor ajudou a vocês dois chegarem aonde chegaram e desejo a vocês muitos anos de sucesso!!
Bjoss

Mari Zavisch disse...

Oi, gente!
Parabéns por mais um aniversário. É ótimo ver que alguns blogueiros não desistem tão fácil, não é mesmo?
Eu estou apaixonada pela forma com que vocês contaram a história do blog! Incrível e muito criativa. Adorei mesmo!
Que venham muitos anos pela frente!
Beijinhos,

Galáxia dos Desejos

Michelli Prado disse...

Simplesmente encantada com esta retrospectiva e comparação com os autores. Realmente a vida da gente é assim, vamos crescendo e evoluindo. Parabéns ao blog e que cresça cada vez mais!

Isabela Carvalho disse...

Oi pessoal ;)
Estou adorando os posts de comemoração do aniversario do blog! Adorei que esse ano foi o do Victor Hugo, um escritos tão exemplar.
Não acompanho você há tanto tempo, mas desde que comecei a vir aqui, sempre me sinto atualizada e a lista de leitura aumenta demais lkkkk
Obrigada pelas ótimas indicações!
Bjos

Ana I. J. Mercury disse...

Mari e Alê!
Como sempre, arrasaram geral no texto!
Que lindeza!
O blog é maravilhoso, eu adoro, e deixo aqui meus parabéns e que venham muitos e muitos anos de grandiosas leituras, felicidades e muito sucesso!
bjão

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger