quarta-feira, 19 de julho de 2017

RESENHA: Minha Vida Fora dos Trilhos

“Quando há sofrimento, procuramos por um motivo. E é mais fácil encontrar esse motivo dentro de si mesmo.” (2017, VANDERPOOL, p. 143)

***

Depois da incrível experiência de leitura que tive com Em Algum Lugar nas Estrelas, não poderia deixar de conferir Minha Vida Fora dos Trilhos, o livro de estreia de Clare Vanderpool. 

Abilene Tucker, uma garota de doze anos, é enviada para a cidade de Manifest por seu pai, que irá trabalhar durante o verão na construção de trilhos. Quando se instala na casa de Shady, um amigo de seu pai, Abilene acaba encontrando uma caixa com cartas trocadas entre dois jovens, Ned e Jinx, durante a Primeira Guerra Mundial. Ao ver a menção a um possível espião instalado em Manifest, ela decide investigar o conteúdo das cartas e para isso contará com a ajuda de novas amigas. 

Minha Vida Fora dos Trilhos conta com duas linhas temporais. Na primeira vemos a chegada de Abilene a Manifest em 1936, sua adaptação a nova cidade e logo entendemos seu desejo de desenterrar a história do pai, que nunca lhe contou as experiências que viveu naquela cidade. Paralelamente, também acompanhamos a estória que a srta. Madie conta para Abilene sobre os acontecimentos de Manifest durante a Primeira Guerra. Além disso, lemos as cartas de Ned e trechos do jornal local, os quais completam uma grande colcha de retalhos, que costura presente e passado de forma magistral. 

Abilene é uma protagonista bem desenvolvida, que encanta o leitor imediatamente. Logo entendemos sua necessidade de se conectar com a cidade para, quem sabe, compreender melhor seu pai. Sua jornada acaba descortinando a história de Manifest e assim como a protagonista, também somos cativados pelos personagens do passado e ficamos ansiosos para descobrir quais são os segredos da cidade e como as peças se encaixam. 

A narrativa também merece destaque, pois dá a impressão de que voltamos no tempo e que estamos andando pelas ruas empoeiradas e ensolaradas de Manifest. Além da narrativa viciante e envolvente, fica claro que Vanderpool tem uma habilidade natural para criar estórias juvenis que misturam elementos de diversos gêneros como aventura, suspense e drama. E apesar dos inúmeros arcos da trama, é impressionante como a autora não se perde, conseguindo amarrar todas as pontas. 

Outro fator que me chamou atenção foram as discussões sobre temas complexos como amizade, ambição, superação, injustiça, amor e altruísmo de forma sútil e impactante. Dessa forma, Vanderpool consegue falar sobre temas universais de forma simples, o que faz com que o livro vá muito além da literatura juvenil, pois transcende a uma faixa etária específica. 

Apesar de ter adorado Em Algum Lugar nas Estrelas, preciso admitir que Minha Vida Fora dos Trilhos me encantou ainda mais, pois é o tipo de livro que coloca um sorriso no rosto de quem lê e que aquece a alma. 

Título: Minha Vida Fora dos Trilhos
Autora: Clare Vanderpool
N.º de páginas: 311
Editora: DarkSide Books
Exemplar cedido pela editora

Compre: Amazon
Gostou da resenha? Então compre o livro pelo link acima. Assim você ajuda o Além da Contracapa com uma pequena comissão.

13 comentários:

Day Morais - Lendo 1 Bom Livro disse...

Ahhh, que linda sua resenha! Ainda não tinha visto nenhuma resenha deste livro e me surpreendi.... Eu não tinha me interessado ainda em nenhum destes novos lançamentos da Darkside mas este me chamou a atenção agora...rsrs
E essa capa?! Acabamento de primeira como sempre! Amei!!
Super beijo!!

www.lendo1bomlivro.com.br
Instagram :) @lendo1bomlivro

Lana Silva disse...

Esta também foi a primeira resenha que li referente a este livro, mas me pareceu uma estória encantadora, que nos faz viajar no tempo, e nos envolver a leitura, outro ponto que me chamou a atenção foi por ter um misto de gêneros, isso de certa forma deixa a trama surpreendentemente criativa. Este livro me interessou bastante.

Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

Monique Vivendo Sentimentos disse...

Estou ouvindo muitos comentários positivos deste livro. Tenho em algum lugar nas estrelas mas ainda não li também. Quero ler os dois :)

www.vivendosentimentos.com.br

O Que Tem Na Nossa Estante disse...

Oi Alê! As edições da Dark são demais! Quem leu no blog foi uma colaboradora e a opinião dela foi bem parecida com a sua! Espero conferir em breve!

Bjs, Mi

O que tem na nossa estante

Nessa disse...

Oi Alê
Eu comecei a ler o livro acho que não no momento bom, e tive que parar por conta de muitos trabalhos na faculdade, mas eu estava gostando e quero agora nas férias concluir.

Beijinhos
https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Larissa Dutra disse...

Olá, tudo bem? Essa edição está linda - como não estar sendo da Caveirinha? - e a estória parece ser muito boa, fiquei curiosa... Adorei a resenha!

Beijos,
Duas Livreiras

Gabriela CZ disse...

Nossa, Alê... Também adorei Em Algum Lugar nas Estrelas, e aí você diz que esse é ainda mais encantador? E de fato parece cativante e reflexivo. Preciso ler. Ótima resenha.

Beijos!

Marta Izabel disse...

Oi, Alê!!
Mais uma bela edição da editora Darkside, a estória sem dúvida é incrível!! E fiquei bem curiosa para conferir esse livro fantástico da autora!! Espero me encantar com essa obra linda!!
Beijoss

Márcia Saltão disse...

Olá.
Como sempre DarkSide arrasando em suas edições. Tenho Em Algum Lugar nas Estrelas, porém ainda não li. Minha Vida Fora dos Trilhos já vai para a lista, pois tudo que você comentou, me deixou com grande expectativa.
Linda resenha. Beijos.

RUDYNALVA disse...

Alê!
Gosto muito quando a ambientação se dá na primeira guerra (mesmo que aqui seja apenas uma parte do livro) e gosto ainda mais quando tem cartas no enredo, elas são reveladoras e guardam segredos do passado que ninguém se preocupa em vasculhar.
Deve ser um livro mais que emocionante.
Os livros da editora são sempre um arraso.
Bem quero embarcar nesses trilhos e curtir a viagem nas folhas do trem, deverá ser emocionante.
Bom final de semana!
“Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.” (Augusto Cury)
Cheirinhos
Rudy
TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

Carolina Garcia disse...

Oi, Alê!!

Eu não conhecia esse livro ainda, mas adorei sua resenha e estou morrendo de vontade de ler!!
Uma pena que não estou podendo comprar nenhum livro novo no momento, mas com certeza já estou adicionando o título à lista de desejados!! :D

Bjs!!

http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

Naiara Fidelis Da Silva disse...

Eu já queria ler este livro, mas sua resenha me deixou mais louca ainda para comprar o livro o quanto antes e mergulhar nesta aventura.

A capa eu achei lindíssima e tenho vontade de ler todos os livros da Dark.

Ana I. J. Mercury disse...

Quero muito ler Em algum lugar nas estrelas, e esse novo da autora me deixou cativada também.
Que resenha linda!
Deu pra ver que é uma história bem escrita e que nos faz revirar as páginas num piscar de olhos.
Quero demais!
bjss

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger