quinta-feira, 7 de setembro de 2017

RESENHA: Por trás de seus olhos

“Ninguém realmente espera o melhor de outra pessoa.” (Pinborough, 2017, p.262)

Se tem uma premissa da qual eu costumo fugir é o triângulo amoroso. Mas algo em “Por trás de seus olhos” me fisgou, em especial por se tratar de um thriller psicológico da Intrínseca – editora que, na minha opinião, tem um excelente faro para livros do gênero. Além disso, os elogios eram extremamente instigantes. Basicamente: um triângulo amoroso como nenhum que você já viu antes, um desfecho que você não será capaz de prever. Intrigada, pensei: “Mas será mesmo tudo isso?” e sim. É.

Louise é uma mãe solteira que em uma noite conhece um estranho em um bar. Os dois trocam alguns beijos e se afastam, mas qual não é a surpresa de Louise ao descobrir, dias depois, que o homem do bar é seu novo chefe? Para completar o constrangimento da situação, é claro que ele é casado. Como se as coisas não pudessem ficar mais estranhas, Louise faz amizade com uma mulher em quem esbarra por acaso na rua: a esposa dele, Adele. Aos poucos ela percebe que há algo muito errado com o casamento dos dois e que talvez o seu encantador David não seja tão encantador e que talvez sua nova amiga guarde mais segredos do que ela imagine.

Bizarro. Essa é a palavra que define “Por trás de seus olhos”. Se isso é um aspecto positivo ou negativo ainda não sei. Mas que leitura! Basta dizer que há muito tempo eu não tinha em mãos um livro que me fazia questionar o tempo inteiro “Qual é a desse personagem?”, principalmente para múltiplos personagens, porque é exatamente isso que acontece.

É possível sentir o perigo em cada página e isso se torna ainda mais intenso porque não conseguimos saber, exatamente, de onde ele vem. Qual é a de Adele? Qual é a de David? Qual a função de Louise nesse casamento disfuncional? Como ela reagirá diante de tantos jogos mentais e manipulações? Qual a importância de Rob (um amigo do passado de Adele)? As respostas não são tão fáceis de prever, por um lado porque a autora nos prende de tal forma no desenrolar dos acontecimentos que nem paramos para pensar. Por outro, ninguém em sã consciência vai cogitar uma coisa como a com que nos deparamos no desfecho. É algo semelhante ao que Raymond Chandler falou a respeito de “O Assassinato no Expresso do Oriente”, clássico de Agatha Christie cujo desfecho foge totalmente das “regras” da literatura policial. Deixando a Dama do Crime de lado, alguns dirão que Sarah Pinborough joga sujo (e talvez jogue mesmo), mas é inegável que sua trama é criativa, surpreendente e encontra sua lógica dentro de si mesma. Mais importante ainda, é fiel à essência de seus personagens e suas personalidades e é isso que me faz aceitar o que a autora propõe. Por fim, o livro cumpre o seu principal propósito, ou seja, entreter seu leitor.

A narrativa é dividida em três perspectivas: a de Adele, a de Louise (ambas em primeira pessoa) e o passado de Adele (em terceira pessoa), no qual vemos a temporada que ela passou em um hospital psiquiátrico logo após a morte de seus pais e no início do seu relacionamento com David. Esses ângulos contribuem para que sempre estejamos no escuro de alguma forma. Temos algumas informações que os protagonistas não têm, mas nunca temos todas.

Quanto aos personagens, o grande destaque vai para Adele: aquele tipo que faz você se sentir em um terreno traiçoeiro, incerto sobre onde pisar. Você não sabe se deve torcer por ela ou não. Você sente que nada de bom virá do que ela está tramando (seja o que for), mas você quer ver onde tudo vai chegar. Não queremos ser cúmplices de seus atos, mas querermos ser testemunhas deles. David também intriga. Qual será sua verdadeira faceta? Quais suas intenções? Onde está a sua lealdade (se é que ela existe)?

“Por trás de seus olhos” é surpreendente de uma maneira ligeiramente incômoda, mas proporciona uma experiência de leitura intensa e envolvente. Não tenho ideia do que esperar de outras leituras de Sarah Pinborough, mas pretendo conferir.

Título: Por trás de seus olhos
Autora: Sarah Pinborough
N° de páginas: 352
Editora: Intrínseca
Exemplar cedido pela editora

Comprar: Amazon - Submarino
Gostou da resenha? Então compre o livro pelos links acima. Assim você ajuda o Além da Contracapa com uma pequena comissão.

20 comentários:

Renata Leite e Isadora Klauck disse...

Olá!
A premissa me interessou muito, eu amo livros desse gênero, sério. Livros que me deixam doida pra saber e super curiosa com tudo, me prendem! Amei essa capa também; esse foi pra minha listinha do skoob haaha
Beijos,
Meise Renata.
viciadas-em-livros.blogspot.com.br

Victor N. Souza disse...

Oi Mari! Tudo bem?

Li algumas críticas e ainda não me senti atraído pela história, mas sua resenha está ótima!

Grande abraço,
www.cafeidilico.com

Gabriela CZ disse...

Mais uma indicação surpreendente, Mari. Também costumo fugir de triângulos amorosos, mas esse pelo visto é realmente muito diferente e intrigante. A trama parece ser totalmente inesperada. Quero ler. Ótima resenha.

Beijos!

Michelli Prado disse...

Primeira resenha que leio sobre este livro, e confesso que desde seu lançamento sua sinopse e sua capa já me chamaram a atenção! Uma historia completamente diferente do que já vi e personagens que já intrigam a gente de cara! Já esta mais do que adicionado a lista de desejados. Fui correndo ver o preço dele, masa achei bem salgado por enquanto.

Naiara Fidelis Da Silva disse...

Confesso que não conhecia muito sobre o livro, mas a história não me chamou a atenção. Também não gosto muito de triângulos amorosos, mas pelo menos este livro parece envolver outros assuntos.

Caverna Literária disse...

Pelo visto esse livro vai muito mais de um simples triângulo amoroso. Todo o mistério acerca das intenções dos personagens me deixou bem curiosa, agora até eu to aqui me perguntando qual é a de cada um deles hahahaha

xx Carol
http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

RUDYNALVA disse...

Marai!
Fujo também dos triângulos amorosos, porém aqui, parece que ele tem um sentido, embora deixe o leitor na dúvida até o final.
Se a trama é criativa, surpreendente e bizarra, já fiquei interessada, ainda mais por saber que o final foge dos padrões normais dos termos policiais.
Desejo um ótimo final de semana!!
“A sabedoria consiste em ordenar bem a nossa própria alma.” (Platão)
Cheirinhos
Rudy
TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

Sil disse...

Olá, Mari.
Eu li a Saga Encantadas da autora e confesso que não gostei muito. Mas nesse livro eu fiquei muito interessada. pelo jeito vai ser daquelas leituras que eu tenho que ficar me segurando para não ler logo o final hehe.

Prefácio

Aline M. Oliveira disse...

Tive a impressão de que iria devorar o livro pra saber logo do final. Numa história em que temos tantas perguntas, e questionamos todos os aspectos dos personagens e da trama, a curiosidade é gigantesca. Quero muito ler!

Giulianna Santicioli disse...

A Intrínseca realmente tem um faro muito bom para thriller psicológico, quase todos livros que li da editora desse gênero me agradaram; ainda não sabia a história de Por trás de seus olhos, mas pelo jeito não largaria o livro até saber esse fim que você diz ser totalmente inesperado.
Beijos!

Marta Izabel disse...

Oi, Mari!!
Nossa fiquei bem curiosa com tantos acontecimentos estranhos na vida da protagonista!! Primeiro conhece alguém em um bar e troca beijos para depois descobrir que é o seu chefe e ai do nada encontra a esposa dele na rua e começam a conversar sem saber que ela é ?!! Esse livro sem dúvida está bem interessante. Amei a indicação!!
Beijos

Monique Fonseca. disse...

Eu particularmente gostei muito da resenha,apesar de Thriller Psicológico não fazer muito o meu estilo deu muito interesse em ler.

https://euhumanaefinita.blogspot.com.br

Paula disse...

Oi Mari,
Que resenha hein?! Fiquei super curiosa e intrigada com o livro e seu desfecho. Nunca ouvi falar da Sarah, mas com certeza já quero ler e está na minha listinha. Quando vc citou que o livro é sob 3 perspectivas pensei em Louse, Adele e David... mas parece que Adele tem uma grande importância na história.
Adorei a indicação!
Um beijo

Jessica Bueno disse...

Gostei muito da história, o começo realmente parece ser uma coisa bem clichê, mas depois percebi que não se trata de nada clichê! rsrs gosto muito de livros assim... com uma coisa meio psicótica, eu acho que gostaria muito de ler esse livro, principalmente sobre o passado de Adele.

Marlene Conceição disse...

Oi Mari.
A história me parece bem tensa só pela sua resenha.
Eu assim como você não gosto fe triângulo amoroso e o drama que envolve toda essa situação, porém tenho qe dizer que estou verdadeiramente tentada a conhecer essa historia e desvendar os segredos de cada personagem.
Bjs.

Amanda Barreiro disse...

Oi Mari! Parabéns pela resenha, você conseguiu me deixar curiosa por um livro que eu jamais pensaria em ler. Não é o tipo de livro que eu gosto, mas você realmente conseguiu transmitir a aura de mistério do livro. Talvez eu procure da próxima vez que tiver a oportunidade. Beijos.

Nicole Longhi disse...

Sempre vejo várias críticas positivas sobre a escrita da autora, porém ainda não tive oportunidade de ler.
Não conhecia o livro, mas a premissa me interessou bastante já que adoro o gênero, e concordo que a intrínseca tem o melhor faro mesmo haha
Quero saber mais sobre Adele, que parece ser intrigante!

beijos

Gabriela Souza disse...

Oi! Que bom que tu gostou da leitura, mas esse é o tipo de livro que eu deixo passar. Não gosto de triângulos amorosos, por mais que sua resenha quase me convença que esse vale a pena. Parece que já li essa velha história várias vezes de um casal de desconhecidos que sai juntos e no dia seguinte descobrem que um trabalha com o outro. Adorei a resenha. Beijos

Isabela Carvalho disse...

Oii Mari ;)
Confesso que esse é um dos livros mais desejados meus do momento. Também não gosto tanto assim de triângulo, mas quando a história é boa e a narrativa do autor também, não tem como não ficar curiosa!
Esse parece ser daqueles livros que mexe mesmo com a cabeça do leitor, que faz a gente repensar tudo que acha que sabe sobre os personagens, e é assim que eu gosto kkkk
Estou muito curiosa quanto aos segredos da Louise
Bjos

Ana I. J. Mercury disse...

Eita, mas que livro, hein!
Eu confesso que não estava com muita vontade de lê-lo.
Porém, a sua resenha me deixou curiosíssima.
Vou tentar!
Fiquei intrigada.
bjs

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger